Resenha: Revelação - Thais Lopes (Santuário da Morte #0)

30 março 2018


E se o que você pensa ser fantasia fosse real?

Por muito tempo, os seres sobrenaturais esconderam sua existência. O segredo os manteve vivos, mesmo que as lendas vindas do passado nunca houvessem desaparecido completamente. O avanço da tecnologia destruiu qualquer chance de continuarem a se esconder, e o Outro Mundo se viu forçado a revelar que não era apenas fruto da imaginação.

Dois metamorfos vivendo entre a humanidade, Camila e Felipe nunca pensaram que seriam parte dos planos do Outro Mundo. Muito menos que estes planos fossem envolver Luiz, um amigo humano que não fazia ideia do que eram. Mas nada poderia prepará-los para a reação da humanidade - e para o que logo se transformaria em uma verdadeira caçada.

Edição: 2
Editora: Senhor da Lenda
ISBN: B079DNQB65
Ano: 2018
Páginas: 118
Link para compra na Amazon: Revelação - Thais Lopes





Oi, gente. Depois de uma pequena maratona pra me pôr em dia com os lançamentos gringos, cá estou eu de volta para resenhar mais um livro nacional, dessa vez uma reescrita de um conto que foi publicado há uns anos atrás.

Revelação é o livro zero (prequel) da série Santuário da Morte, da Thais Lopes, que está sendo reescrita e será publicada ainda esse ano, com um terceiro livro inédito. Acho, inclusive, que esse foi o primeiro que li da autora (porque eu tenho toc e leio tudo na ordem certa, mesmo que não seja a ordem que eu comprei ou a de publicação).

Esse “conto” fala sobre como foi quando os seres sobrenaturais se revelaram para a humanidade na cidade de Belo Horizonte (e no resto do mundo também, mas a história é ambientada em BH) e as consequências desse ato. Também nos introduz ao “Outro Mundo” e a alguns personagens que vamos ver mais pra frente em outros livros desse mundo fantástico.
No último ano e meio, o que eu estava esperando que acontecesse desde que nos mostramos começou. As religiões se virando contra nós. Éramos a encarnação do Mal, os filhos do Diabo, a tentação tornada carne...

Camila, Felipe e Luiz, dois metamorfos e um humano, respectivamente, alternam nos pontos de vista e nos mostram a história dos dois lados: dos humanos e dos “monstros” (entre aspas porque eu acho todo mundo uns amorzinhos). Mas, embora eles sejam incríveis, o que me chamou atenção mesmo foram os personagens secundários, principalmente aqueles que não apareceram (ou eu não lembro, o que é mais provável) na versão antiga ou nos livros 1 e 2, como o Sérgio, o Avés (acho que dele eu lembro) e a onça-pintada. <3 Foram gritinhos atrás de gritinhos com todos esses personagens maravilhosos aparecendo.

A humanidade atinge níveis absurdos de burrice (na minha opinião) e mostra que a maior parte da população (especialmente o governo) não aprende com seus erros. Instauram uma nova caça às bruxas e sequestram seres sobrenaturais para realizar experimentos brutais em busca de “melhorias para os seres humanos” como a regeneração acelerada e a longevidade. Só que eles não tem como ter certeza de quem é sobrenatural e quem é humano, então muitos civis são pegos “por engano”, aquela coisa bem idade média e tal, com direito a fogueira e tudo.
Nós éramos os caçadores, e a humanidade era a presa.

Eu sou muito suspeita pra comentar sobre esse conto, porque eu particularmente gosto MUITO desse mundo e tô ansiosíssima pro lançamento do terceiro livro, mas eu recomendo muito a série toda pra quem gosta de fantasia urbana e/ou está em busca de algo que se passe em solo brasileiro. Pra quem comprou a versão antiga e ainda não leu, recomendo fortemente esperar pela versão mais nova porque ela está consideravelmente melhor que a anterior (especialmente se você também se tornou um “chato” literário e é bem crítico com suas leituras).


Isso é tudo, pessoal!
Beijos e até a próxima.


PS: Ainda não li Refém da Noite, que se passa nesse mesmo mundo e foi postado integralmente no wattpad há uns meses, então se você surtou com o Alexandre, com a Laura ou com qualquer outro personagem que aparece em ambos os livros e queira escrever sobre eles nos comentários, cuidado com SPOILERS. Obrigada <3

19 comentários:

  1. Excelente resenha! Nunca me questionei sobre isso... Se tudo que eu pensasse ser fantasia fosse real realmente o mundo seria mágico! A autora teve realmente uma ideia genial para o livro. Legal que você curtiu! Sua resenha mostra uma empolgação maravilhosa! Faço votos que venda muito!

    ResponderExcluir
  2. Nunca vi esse livro antes. Não conhecia. Primeira que vez que vejo aqui no seu blog.
    Não curti muito essa capa, achei um excesso de cores! E capa é uma coisa que eu curto demais.. Então se eu olhasse para ela sem ler a sinopse, sairia correndo com certeza. Porém o enredo me agradou e por isso, como dizem "Quem vê capa, não vê conteúdo!".

    Vou dar mais uma pesquisada sobre a história por aí.
    Valeu pela dica
    Beijos.

    www.alempaginas.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Karini. Eu particularmente gosto dessa capa, justamente por esse lado mais colorido e "brilhante" que é a marca registrada de livros de fantasia urbana no mundo todo. Eu acho uma pena que no Brasil eles não sigam o mesmo estilo, e sempre tentam deixar as capas mais no estilo "mocinha romântica" como fizeram com A filha das Trevas, por exemplo.
      Mas fico feliz em saber que você pretende dar uma chance mesmo assim. A série toda é ótima <3

      Excluir
  3. Engraçado é como gosto é uma coisa independente e que varia, né? Porque também sou louca por capas, inclusive estudo design e esse é um aspecto que foco muito, além de avalia-las em todos sentidos e acho essa capa linda. É justamente a mistura de cores que me chamam atenção e que me atrairia numa livraria, principalmente pelo fato disso corresponder muito ao gênero da obra.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se segura e prepara teu coração logo pra capa de MdD. Vai vir lacradora.

      Excluir
  4. Olá!
    Que premissa maravilhosa e capa linda! Sem dúvidas, a vontade de ler cresceu aqui já na sinopse!
    Gostei demais da resenha e já estou anotando a dica pra ficar de olho nesse novo lançamento!
    Abraços

    ResponderExcluir
  5. Oi tudo bem? Não conhecia esse livro, a capa é muito bonita gostei. Adoro fantasia urbana, fiquei muito curiosa sobre o enredo, parece uma aventura entre amigos, dica anotada, parabéns pela resenha. Bjs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mais uma fã de fantasia urbana. Me abraça. Vamos nos amar virtualmente! <3

      Excluir
  6. Que bacana essa reescrita, sem duvidas os autores amadurecem com o tempo e desejam reescrever a sua história, Thais fez uma jogada genial. Eu nao conhecia essa série mas só essa capa me ganhou completamente.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E os leitores saem ganhando com isso, amém. Já prevendo os surtos com as mudanças \o/

      Excluir
  7. Olá! Surtei lendo sua resenha por ter tudo que eu gosto em um livro, sobrenatural, personagens amáveis e tudo issi bum cenário caótico haha
    Amei a dica!
    Beijos,
    Conta-se um Livro

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quando ler, aparece aqui pra dizer o que achou! ;*

      Excluir
  8. Olá!
    Curti a premissa da série, achei que foi uma ótima apresentação de um universo bem diferente do que já vimos, ainda mais se tratando de um livro nacional.
    bjos
    Lucy - Por essas páginas

    ResponderExcluir
  9. Olá, amei o fato de a história se passar em BH! Eu tenho alguns e-books da autora mas ainda não os li, vou ver se há algum dessa série. Achei bem interessante a premissa desse livro introdutório.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. PELO AMOR DE TODOS OS DEUSES, se tiver algum dessa série, não leia kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
      peguei pra reescrever não foi à toa, juro! kkkkkkkk (aquele momento q bate a vergonha mais profunda haushahusauhsa)

      Excluir
  10. Olá!
    Não conhecia essa história, mas é porque também não é muito o gênero que leio. Gostei bastante do jogo de cores dessa capa e sou igual a você, geralmente em uma leitura gosto de ler na ordem nem sempre é o certo né.
    Para um conto gostei bastante da forma como os personagens interagem e até fiquei curiosa com a mistura do real e o sobrenatural.
    Adorei suas considerações!
    Beijos!

    Camila de Moraes

    ResponderExcluir
  11. Olá.
    Não conheço a série, mas fiquei bem curiosa para ler esse "conto"
    Adorei a premissa, a capa também é bem chamativa. sua resenha me deixou bem curiosa e os quotes escolhidos me surpreendeu, principalmente esse: "Nós éramos os caçadores, e a humanidade era a presa." Meu fav, já.
    Adorei a resenha

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse quote em especial me faz surtar até hoje! Amo amo amo <3

      Excluir
:) :( ;) :D :-/ :P :-O X( :7 B-) :-S :(( :)) :|
:-B ~X( L-) (:| =D7 @-) :-w 7:P \m/ :-q :-bd

Seja Bem-Vindo,
Interaja conosco, é um prazer poder saber a sua opinião.


Deixe seu link que retribuiremos a visita.
Não serão aceitos comentários ofensivos ou de span.

Volte sempre ♥